Jovem escritora conquista Prêmio Internacional Mulheres das Letras 2020

Jovem Emanuelle destaca sua família e as mulheres com as quais teve contato desde a infância, em seu trabalho literário. (Foto: Divulgação)

Da Redação

O Movimento Negro Raízes, da cidade de Bento Gonçalves RS, expressou suas congratulações à jovem escritora negra Emanuelle Ferreira Coelho da Silva, ganhadora do Prêmio Internacional Mulheres das Letras 2020, no dia 30 de junho, organizado pela Editora Litere-se, do Rio de Janeiro RJ.

Nascida em Curitiba, Emanuelle tem 19 anos e é estudante do 3º ano do ensino médio da Escola Municipal Alfredo Aveline, em Bento Gonçalves RS, cidade onde reside desde 2015.

Essa premiação tem como objetivo reconhecer mulheres escritoras que ainda não tiveram livros publicados e que, por conseguinte, ainda não estão presentes no mercado editorial brasileiro.

Emanuelle no cartaz do Prêmio Internacional. (Ilustração: Divulgação)

O concurso contou com mais de mil inscrições para o processo de seleção no qual Emanuelle teve quatro textos escolhidos para concorrer à premiação. Como base de sua inspiração literária, a jovem destaca sua família e as mulheres com as quais teve contato desde a infância, além de outras que teve a oportunidade de conhecer já na sua jornada cultural literária através da escrita.

Foram mais de cem escritoras contempladas no Concurso. Emanuelle foi uma das escolhidas, juntamente com participantes brasileiras e de outros países como Portugal, Irlanda, Moçambique e Inglaterra.

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé

Presidente do Movimento Negro Raízes, Marcos Flavio Dutra Ribeiro (à esq.), no espetáculo em que Emanuelle interpretou Elza Soares. (Foto: Divulgação)

Sua afinidade com texto não se resume à literatura. Tem incursões também no teatro. Em 2018, Emanuelle interpretou a cantora Elza Soares, no espetáculo Mulheres que Encantam e Empoderam, projeto realizado pela escola Alfredo Aveline, apresentado na Fundação Casa das Artes, de Bento Gonçalves, que obteve o 3º Lugar com o prêmio RBS Educação na categoria Escola Pública, recebido pela Professora Eliana Passarin, uma das idealizadoras da produção.

Com relação ao valor por ela atribuído ao prêmio literário, Emanuelle resume: “Receber do Prêmio Internacional Mulheres das Letras 2020 significa ser ouvida, poder falar sobre o que eu vivo e sei!”.

Compre o livro: https://www.catarse.me/premiomulheresdasletras 

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo