Alexandre Rodrigues é o convidado do Sopapo Poético de agosto

By / 1 ano ago / Eventos / No Comments

ALEXANDRE-PARA-e1462919060652

Dando continuidade à programação mensal de 2016, o Sopapo Poético, na edição de agosto, tem a satisfação de receber o músico, compositor e arranjador Alexandre Rodrigues, uma das grandes referências musicais do Rio Grande do Sul.

A atividade acontece no próximo dia 30, última terça-feira do mês, com entrada franca, no Centro de Referência do Negro Nilo Feijó – CRN, localizado na Av. Ipiranga, nº 311, Porto Alegre/RS.

O sarau Sopapo Poético é promovido pela ANdC (Associação Negra de Cultura) desde 2012. A exemplo de outros saraus afro-brasileiros, o encontro celebra o protagonismo negro, em uma roda de atuações, reflexões e de convivências afro-centradas.

Sobre Alexandre Rodrigues

Carlos Alexandre Rodrigues é músico, compositor, produtor e arranjador. Natural de Porto Alegre, iniciou sua carreira nos anos 60, tocando em bailes e na noite da capital gaúcha. Nos anos 70, entrou para a história da música popular brasileira como integrante da lendária banda Pau-Brasil, a maior expressão do suingue no sul do país, com quem gravou dois discos cultuados até os dias hoje: “O Samba e Suas Origens” e “Pau Brasil”. Com os parceiros Bedeu e Leleco Telles, compôs temas que se tornaram grandes êxitos nas vozes de renomados intérpretes nacionais, como Bebeto, Wilson Simonal, Branca di Neve, Neguinho da Beija-Flor, Originais do Samba, Agnaldo TImóteo, entre outros. Na década de 80, fez dupla com o cantor Zê, com quem formou a banda Expresso 21. É compositor de clássicos do suingue e do cancioneiro popular, como Negra Ângela, Minha Preta, Grama Verde e Kid Brilhantina. Alexandre também produziu e arranjou discos de vários cantores gaúchos, entre eles Bedeu, Porto Alex e Carlos Medina. Foi, ainda, produtor do antológico “Tributo ao Bedeu” e de seis edições dos discos oficiais do Carnaval de Porto Alegre. Neste ano, Alexandre lançou seu segundo disco solo, o álbum duplo “Ainda tô na luta, apesar dos pesares”, com todas as faixas por ele compostas, e produziu o 1º volume do CD “Elas e Eles Cantam Bedeu e Delma”. Segue trabalhando como produtor musical em shows locais, como “Emílio Santiago Para Sempre” e “As Vozes de Dandaras”, e participa frequentemente do Sarau Clube da MPB em POA. Como ele próprio afirma: “ainda tô na luta”.

O Sopapinho

Com a proposta de desenvolver o interesse pela cultura e pela poesia nos pequenos, o Sopapinho é um momento de fortalecimento da identidade étnica e da autoestima das crianças negras. As atividades do Sopapinho, paralelas ao sarau, envolvem brincadeiras, artes visuais, canto, contação de histórias e a participação na roda de poesia.

A Feira Afro

A diversidade de produtos e estilos é característica da Feira Afro, formada por expositores que acompanham e apoiam o sarau. Artesanato, alimentação, literatura, estética cultural, vestuário, cosméticos naturais, música – e muito mais – são opções da feira para o eclético público sopapeiro.

O Cine Kafuné

Antecedendo o sarau, o Cine Kafuné projeta no telão vídeos clipes e documentários afrocentrados.

Serviço

Convidado: Alexandre Rodrigues

Quando: terça-feira, 30 de agosto, às 19h30min

Onde: Centro de Referência do Negro Nilo Feijó

Av. Ipiranga, 311, Menino Deus – Porto Alegre/RS

Ingresso: Entrada franca

Informações:  (51) 365-3315 – 9117-4559 – 9317-6497 – 9218-5449
sopapo.poetico@gmail.com
Realização: ANdC – Associação Negra de Cultura

Apoios: Centro de Referência do Negro Nilo Feijó – CRN, Cine Kafuné, SINDIPRETO – Sindicato dos Petroleiros, Boteko do CANINHA (Areal da Baronesa)

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *