Bloco Africatarina retorna as ruas de Florianópolis para resgatar a tradição carnavalesca negra

By / 6 meses ago / Geral / No Comments

Coordenação festeja o retorno do Bloco (a partir da esquerda), Flávio Prado da Rosa, Claudia Prado da Rosa, Joubert Chalmes. (Foto: Divulgação)

Da Redação

A  cidade de Florianópolis ganha mais um bloco carnavalesco afro que foi as ruas em fevereiro (10), marcando oficialmente o reinício de sua participação nos desfiles de blocos de rua e empolgando os foliões que partiram em cortejo na praça da Alfândega no Largo Central, onde é realizado seus ensaios durante o ano. O Bloco criado em 2001 dentro do Projeto Africatarina de Percussão que funcionava nas dependências do antigo prédio do Clube Novo Horizonte, na Baia Norte, realizando cursos de percussão gratuito e permanente para as crianças e adolescentes das comunidades do sul da ilha.

Bloco retorna no centro da cidade e arrasta os foliões. (Foto: Divulgação)

O projeto do bloco foi retomado em 2017  por iniciativa do mestre de bateria Edinho Roldan, composto por uma turma multidisciplinar e logo se caracterizando com o estilo de bloco afro. O foco do projeto é reunir grupos de resistência negra para retomarem os espaços dos antigos blocos afros da capital, que em anos passados possuiam muitas comunidades, entidades e sociedades negras que cultuavam esta manifestação popular na ilha, conforme nos relata Claudia Prado da Rosa (coordenadora do Africatarina).

O Africatarina é dirigido por Claudia Prado da Rosa, Flávio Prado da Rosa, Cibele Francisco, Jussara Lima.

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *