Casamento coletivo abre 18ª Parada do Orgulho LGBT em Brasília

By / 3 anos ago / Brasil / No Comments
Agência Brasil

Agência Brasil

Por Ione Aguiar e Grasielle Castro

E a noiva pode beijar a noiva! E o noivo pode beijar o noivo! <3

Brasília sediou seu primeiro casamento coletivo de homossexuais neste domingo (28). Ele aconteceu na abertura da 18ª Parada do Orgulho LGBTs de Brasília, em frente ao Congresso Nacional.

Considerando que temos o conjunto de parlamentares mais conservador em muitas décadas, a escolha não poderia ter sido mais acertada.

Ao som da música “Paula e Bebeto”, de Milton Nscimento, nove casais lésbicos e um casal gay trocaram alianças. O casamento coletivo foi apoiado pela embaixada da Bélgica.

Jozef Smets, embaixador belga, estava presente no evento e foi padrinho dos casamentos junto com seu companheiro, Cristophe Degraeuwe, com quem é casado há 13 anos.

“Acho que essa decisão de casar tem peso ainda maior em países grandes, como o Brasil, onde o combate a grupos conservadores é diário. São grupos grandes, fortes, organizados e que estão se posicionando, disse Smets ao Brasil Post.

O embaixador da Holanda no Brasil, Han Peters, também acompanhou o evento. “Temos grandes desafios pela frente. É importante lutar sempre contra a intolerância. Essa é uma cerimônia do direito ao amor, à vida. Não fez sentido ser contra”, disse ao Brasil Post.

A cerimônia foi aberta pelo casal Ana Flávia Rodrigues de Souza, 43, e Marília, 47, que moram juntas há oito anos.

“No início foi difícil, mas hoje nossa família aceita bem a nossa decisão. O casamento é um passo muito grande. Já morávamos juntas, mas agora significa que nós finalmente temos os mesmos direitos de todos os cidadãos, podemos adotar uma criança enquanto família”, disse Marília.

O único casal de homens foi formado por Raphael Gadioli de Souza e Wesley de Souza Gadioli, ambos com 23 anos.

“Estamos juntos, morando sob o mesmo teto, há dois anos e cinco meses e agora passamos a ter o direito de formalizar nossa família. Muda a nossa relação diante a sociedade, agora estamos formalmente casados. Muita gente questionou pela nossa idade, mas em nenhum momento ficamos em dúvida e sempre tivemos todo apoio das nossas famílias.”

Fonte: Brasil Post

 

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *