Coletivo Nega: conheça o primeiro grupo de teatro negro de Santa Catarina

O objetivo sempre foi buscar suprir a falta de representatividade para a população negra no campo do teatro

Grupo NEGA realiza trabalho teatral pioneiro em Florianópolis SC. (Foto: Divulgação)

Por Maria Ester, do SCC10

O NEGA (Negras Experimentações Grupo de Arte), é o primeiro grupo de teatro negro de Santa Catarina. O grupo surgiu em novembro de 2010, com um projeto de extensão criado pela professora Dra. Fátima Costa de Lima, na Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC. O objetivo sempre foi buscar suprir a falta de representatividade da população negra no campo do teatro. A inspiração foi no TEN (Teatro Experimental do Negro) fundado por Abdias Nascimento há 68 anos, no Rio de Janeiro. Além dos artistas negros/as, outro ponto sempre foi valorizar as produções teatrais de pessoas LGBTQI+, com destaque para as mulheres negras. A ideia lá atrás deu tão certo que hoje o coletivo NEGA segue trabalhando independente da universidade, mas sempre fazendo parcerias e trocas com a UDESC. E não é à toa que o grupo coleciona prêmios e parcerias com projetos dentro e fora do Brasil.

Um dos avanços do grupo surgiu da criação e modificações da performance criada há 5 anos denominada Preta-à-Porter, trabalho de repertório do grupo que parte de histórias e de e conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra. São relatos trazidos da vida pessoal de cada artista que participa ou já participou do coletivo, misturando, dança, canto, percussão, projeção e rap. A performance é modificada de acordo com a formação do elenco. Mais de 20 atores já passaram pelo espetáculo. Atualmente o Preta-à-porter está fora de circuito, mas o coletivo vem trabalhando em uma nova obra, desta vez com foco na música, intitulado “Canto pra quem é de noite” com estreia prevista ainda para 2021.

Para incentivar, registrar e contribuir para a história das artes cênicas aqui no estado, na próxima sexta-feira, 5 de março, acontece a primeira roda de conversa criativa, do projeto “Colaborações SCênicas: Rede de intercâmbio colaborativo entre coletivos cênicos de Santa Catarina”. Será uma série de debates reflexivos sobre as trajetórias artísticas, processos criativos e a manutenção dos coletivos teatrais. Grupos de várias regiões vão participar: além da Coletiva Nega, de Florianópolis, tem o Karma Coletivo de Artes Cênicas de Itajaí, o Grupo Teatral Reminiscências de Joaçaba e o Coletivo Vai!, de Joinville, que está organizando o evento. Estão todos convidados, é só chegar!

Programação Debates Cênicos

5 de março (sexta-feira – aberto ao público) – 6 e 7 de março (sábado e domingo – somente grupos) – Coletivo Nega de Florianópolis

26 de março (sexta-feira – aberto ao público) – 27 e 28 de março (sábado e domingo- somente grupos) – Karma Coletivo de Itajaí

9 de abril (sexta-feira- aberto ao público) e 10 e 11 de abril (sábado e domingo – somente grupos) Grupo Teatral Reminiscências de Joaçaba

Confira o convite oficial:

Compartilhe

Voltar ao topo