Conheça as três vencedoras do 3º Prêmio Donna – Mulheres que Inspiram

By / 4 semanas ago / Comportamento / No Comments

(Fotos: Isadora Neumann)

Por Donna/ZH

No mês em que Donna completa 25 anos, foi realizada a cerimônia da 3ª edição do Prêmio Donna – Mulheres que Inspiram. São mulheres que fazem diferença com seu trabalho, sua vida e seu exemplo no RS.

Nesta noite de sexta-feira (25), em evento realizado no Espaço Clientes do Grupo RBS, foram anunciadas as vencedoras, dentre um grupo de 10 indicadas. As três premiadas são Doris Spohr, vice-presidente do Sindicato da Indústria do Vestuário (Sivergs), idealizadora do RS Moda; Giane Vargas Escobar, professora do curso de História da Unipampa em Jaguarão e coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Unipampa; e Madgéli Frantz Machado, juíza titular do Juizado da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Porto Alegre, criadora dos grupos reflexivos de gênero do Tribunal.

Ivete (à esquerda, representando Madgéli Machado), Doris Spohr e Giane VargasIvete (à esquerda, representando Madgéli Machado), Doris Spohr e Giane Vargas

Os convidados do evento conheceram as histórias das 10 indicadas em vídeo e, depois, a editora da revista Donna, Patrícia Rocha, apresentou as três vencedoras, chamadas ao palco para receber os troféus.

Doris Spohr, após receber o prêmio das mãos de Marta Gleich, diretora de jornalismo dos jornais e rádios do Grupo RBS, comentou aquele velho chavão de que, por trás de um grande homem, existe uma grande mulher: a primeira vencedora da noite ajudou a fazer do marido um dos grandes estilistas do Estado e agora, aos 80 anos, se reinventa e acaba de lançar seu canal de vídeos, Simplesmente Doris.

– Quero agradecer essa homenagem e dizer que é mesmo ao lado de um grande homem que existe a grande mulher. São 60 anos de trabalho e convivência, nós contruimos algo juntos. Uma vez, encontramos (o estilista) Ronaldo Fraga e ele disse, brincando, que atrás de um grande homem sempre existe uma mulher cansada. Achei verdade (risos). Estamos sempre trabalhando e falta tempo para tudo, ainda mais neste momento em que a gente está se reinventando. Para mim e para todas, digo que é muito bom inventar uma coisa nova na minha idade.

Doris SpohrDoris Spohr

A segunda vencedora chamada ao palco comemorou o prêmio e o dedicou a todas as mulheres negras. Professora e pesquisadora da Unipampa, Giane Vargas Escobar se dedica a mudar o panorama escolar do país: em toda sua trajetória, ela só teve duas professoras negras. Na graduação e na pós-graduação, nenhuma. E hoje, de um universo de 48,5 milhões de mulheres negras no Brasil, ela integra o percentual das 0,05% de pós-graduadas.

Após receber o prêmio das mãos de Patrícia Fraga, gerente executiva de Inteligência de Mercado e Produto, Giane se disse honrada de estar entre as vencedoras:

– Ao meu lado, tenho várias mulheres negras que vieram comigo e ressaltamos a importância desse prêmio em termos de representatividade, pois representatividade importa. Especialmente falando de mulheres negras, que estão na base da pirâmide. Pois quando estou aqui, não estou sozinha: muitos lutaram para que eu estivesse aqui. E destaco que não é por acaso que esse prêmio acontece hoje: além do mês dos 25 anos da Revista, 25 de maio é Dia da África, um continente que ainda é visto como país, e não é; são 54 países neste continente – comentou Giane, muito aplaudida após sua fala.

Giane VargasGiane Vargas

A juíza Madgéli Frantz Machado, a terceira vencedora do Prêmio, esteve representada na cerimônia pela psicóloga Ivete Machado Vargas, com quem trabalha desde 2011 no Grupo Reflexivo de Gênero: por lá, passaram mais de 500 homens  _ e apenas 3% dos que concluíram os 12 encontros reincidiram.

– Dra. Madgeli, em 2011, uniu pessoas que queriam muito trabalhar com essa mudança de cultura. Estou muito feliz que tenha sido um homem a fazer essa entrega do prêmio, pois homens e mulheres precisam trabalhar juntos para diminuir a desigualdade. Gostaria que todos nos uníssemos independentemente de raça, cultura, credo, gênero – disse Ivete ao receber o troféu das mãos do editor-chefe de Zero Hora, Carlos Etchichury.

Ivete Machado, representando Madgéli MachadoIvete Machado Vargas, representando Madgéli Frantz Machado

 

Conheça as demais 10 indicadas ao 3º Prêmio Donna Mulheres que Inspiram:

Ernestina Pereira, presidente do Sindicato dos Empregados Domésticos de Pelotas e uma das diretoras da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas
Gabriela Guerra, diretora executiva da ThoughWorks no Brasil
Joanna Burigo, fundadora da Casa da Mãe Joanna e mestre em Gênero, Mídia e Cultura
Maria Teresa Campos, criadora da ONG Sol Maior, que promove a inclusão social por meio da educação musical de crianças
Natalia Guasso, criadora do Brick de Desapegos, feira de moda sustentável
Roberta Arabiane Siqueira, procuradora do Estado, à frente da Penitenciária Estadual de Canoas 1
Thaisa Storchi Bergmann, astrofísica, pesquisadora, especialista em buracos negros de galáxias ativas

Conheça mais sobre as três vencedoras

:: À frente do RS Moda, Doris Spohr mostra que é muito mais do que a “Doris do Rui”, seu marido e renomado estilista
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA

13561105-dn001_26_capaA.jpg-22_05_2018-17.01.37

:: Pesquisadora Giane Escobar dedica a vida a pequenas revoluções para promover a cultura afro
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA

13561106-dn001_26_capaB.jpg-22_05_2018-17.01.39

:: Juíza Madgéli Machado criou um projeto para mudar o comportamento de homens que cometeram violência doméstica
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA

13561107-dn001_26_capaC.jpg-22_05_2018-17.01.41

Sobre o Prêmio Donna
Convocamos jornalistas, membros da comunidade acadêmica, profissionais de diferentes áreas, colaboradores e colunistas do Grupo RBS para que indicassem mulheres que fazem diferença e que são inspiradoras. O resultado foram centenas de nomes que deram origem a uma lista com 10 indicadas, em áreas que vão da ciência à cultura, da moda aos direitos humanos. Com idades, profissões e trajetórias tão distintas, têm em comum o desejo de fazer diferença e transformar o mundo ao redor em um espaço com mais oportunidades e liberdade para todas.

Agradecimentos
Nesta noite especial da cerimônia do Prêmio Donna, agradecemos o apoio dos nossos parceiros Arquitetura das Flores, Onodera, Safira e Unisinos. As vencedoras foram maquiadas por profissionais doRhedco para a sessão de fotos da capa da Revista deste fim de semana. As 10 indicadas ao Prêmio receberam pingentes da Safira, buquês da Arquitetura das Flores e vales-presente da Onodera. O coquetel ficou por conta da Mule Bule GastronomiaE os troféus que as três vencedoras receberam foram executados pela Fab Lab Unisinos.

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *