Espetáculo teatral “Minas de Conceição Evaristo” estréia em Porto Alegre

By / 1 mês ago / Diversão / No Comments

DSC_0234(Foto: Divulgação)

Para dar início as comemorações do mês da Consciência Negra da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) o espetáculo “Minas de Conceição Evaristo” fará apresentação única na próxima quinta-feira, 26, no Centro Cultural Érico Veríssimo CEEE. No palco, a atrizes gaúchas Glau Barros e Vera Lopes ao lado das atrizes e cantoras baianas Emillie Lapa e Alexandra Pessoa encenam poesias musicadas da escritora mineira Conceição Evaristo.

Com a proposta de apresentar sotaques brasileiros, passando pelo gaúcho, mineiro e baiano, o elenco busca conectar costumes regionais e levar ao palco diferentes culturas genuinamente brasileiras. Em cena, as artistas desvendam toda a riqueza de um universo feminino que reúne poesias do livro  “Poemas da Recordação e Outros Movimentos”. Trata-se de um espetáculo multinterativo com trilha sonora executada ao vivo e composta por diferentes ritmos junto à projeções de vídeo mapping no cenário que se relacionam com as atrizes e cantoras propiciando uma atmosfera harmonica aos olhos do público.

Por tanto, “Minas de Conceição Evaristo” apresenta de forma diferente e atrativa um pouco mais sobre a obra e trajetória dessa grande escritora Conceição Evaristo. Segunda de nove irmãos, a escritora que, completou 70 anos em novembro de 2016, diz que em sua infância não viveu na pobreza, mas a própria miséria na favela do Pendura Saia, encravada no alto da Avenida Afonso Pena, hoje área nobre de Belo Horizonte. Nesse universo, de mãe e tias, ouviu muitas histórias e inventou outras tantas, pois a ficção era indispensável à sua sobrevivência, uma forma de sublimar a realidade.

Desse lugar de mulher, negra e de origem pobre é que Conceição Evaristo escreve. Estreou em 1990 com obras publicadas nos Cadernos Negros (Ed. Quilombhoje) em 2003 publicou o romance “Ponciá Vicênio” (Ed. Maza), lançado nos Estados Unidos, na França e em breve no México. Com o livro de contos “Olhos d`água” (Ed. Pallas), em 2015, ganhou o Prêmio Jabuti na categoria contos. Também é autora dos livros de contos “Insubmissas lágrimas de mulheres”, “Histórias de leves enganos e parecenças”, o romance “Becos da Memória”, e o livro de poemas, no qual é composto esse espetáculo “Poemas da recordação e outros movimentos”. Em todos os seus trabalhos estão presentes a crítica social e a religiosidade, que ela prefere chamar de ancestralidade.

Novembro Negro UFRGS 

A convite do Programa de Extensão do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o Centro de Referência em Direitos Humanos, Relações de Gênero, Diversidade Sexual e de Raça (CRDH/NUPSEX), o elenco do espetáculo “Minas de Conceição Evaristo”, na próxima sexta-feira, 27, irá ministrar duas oficinas para a comunidade acadêmica e que poderá ser preenchida por membros da sociedade civil conforme lotação, no máximo 20 participantes por cada atividade. No início da tarde, das 13h às 15h, ocorrerá a oficina de pandeiro com a baiana Emillie Lapa e de percussão baiana com Alexandra Pessoa. A partir das 15h até às 17h, a atriz gaúcha Vera Lopes ministra a oficina Versos no Palco: Poesia Negra e Sua Multiplicidade.

No turno da noite ocorre a Conferência de abertura do Novembro Negro da UFRGS com  tema “Negro no Teatro Brasileiro” com as atrizes e cantoras Alexandra Pessoa, Emillie Lapa, Glau Barros, a atriz Vera Lopes, o diretor teatral Jessé Oliveira e o historiador Marcus Vinicius que fará a mediação do debate. As atividades do Novembro Negro da UFRGS começam na próxima quinta-feira e se estendem por todo mês de novembro.

Serviço

O Quê: Espetáculo “Minas de Conceição Evaristo” com as atrizes e cantoras baianas Emillie Lapa e Alexandra Pessoa junto das atrizes Glau Barros e Vera Lopes

Onde: Centro Cultural Érico Veríssimo CEEE, Rua Andradas – Centro de Porto Alegre RS

Quando: 26 de outubro de 2017 (quinta-feira), às 20h

Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)


O Quê: Oficina de Pandeiro com Emillie Lapa e Oficina de Percussão Baiana com Alexandra Pessoa

Quando: 27 de outubro de 2017 (sexta-feira)

Onde: Centro de Referência do Negro, Av. Ipiranga, 311 – Porto Alegre/RS, às 13h e 15h

Quanto: Entrada Franca.  No máximo 20 participantes.


O Quê: Oficina Versos no Palco: Poesia Negra e sua Multiplicidade com Vera Lopes

Quando: 27 de outubro de 2017 (sexta-feira)

Onde: Centro de Referência do Negro, Av. Ipiranga, 311 – Porto Alegre/RS, às 15h e 17h

Quanto: Entrada Franca. No máximo 20 participantes.


O Quê: Conferência de abertura do Novembro Negro da UFRGS – CRDH/NUPSEX com o tema “Negro no Teatro Brasileiro” com as atrizes e cantoras baianas Emillie Lapa e Alexandra Pessoa, com as atrizes gaúchas Glau Barros e Vera Lopes, com o diretor teatral Jessé Oliveira e mediação do historiador Marcus Vinicius

Quando: 27 de outubro de 2017 (sexta-feira)

Onde: Centro de Referência do Negro, Av. Ipiranga, 311 – Porto Alegre/RS, às 18h e 21h

Quanto: Entada Franca

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *