Ex- Ministra da Seppir Nilma Lino Gomes lança em Porto Alegre seu livro: O Movimento Negro Educador

By / 4 meses ago / Cultura / No Comments

O livro de Nilma propõe uma visão dos saberes pedagógicos afro-brasileiro construídos no enfrentamento racial contemporâneo.  (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

Da Redação

Na terça-feira 14 de agosto, às 18h, no auditório da Faculdade de Direito da UFRGS (Av. João Pessoa, 80) a Pedagoga, Mestra em Educação, Doutora em Antropologia Social e Pós-Doutora em Sociologia Nilma Lino Gomes estará lançando seu mais recente livro em Porto Alegre e ministrando a aula inaugural deste semestre do Programa de Pós-graduação em Educação da UFRGS (PPGEDU).

Nilma foi Reitora da Universidade Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), em 2013 e 2014, Ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) em 2015 e também Ministra do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos no ano seguinte. Atualmente é docente do quadro da Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG) e pesquisadora das áreas de Educação e Diversidade Étnico-racial, em especial na atuação do movimento negro brasileiro.

Autora de diversas obras na área educacional, com ênfase nas relações étnico-raciais e de gênero e também na formação de professores para a diversidade, Nilma lança, pela Editora Vozes “O Movimento Negro Educador – Saberes construídos nas lutas por emancipação”, cujo conteúdo analisa o protagonismo do Movimento Negro na construção de uma pedagogia da diversidade e da emancipação em seu papel de educador, produtor de saberes emancipatórios e sistematizador de conhecimentos sobre as relações racializadas no Brasil.

Capa do livro

O evento  pode ser qualificado como resultado da parceria da academia com o movimento social, num exercício que amplia e potencializa o diálogo destes dois setores da sociedade no campo das construções pedagógicas.  Promovido pelo Programa de Pós-graduação em Educação da UFRGS (PPGEDU), em parceria com o Projeto Universidade Livre – CECUNE, conta com o apoio do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos da UFRGS (NEAB/UFRGS), Coordenadoria de Ações Afirmativas (CAF-UFRGS) e Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do Instituto Federal-RS (NEABI-IF/RS).

No Programa de Pós-graduação em Educação da UFRGS (PPGEDU), anualmente são disponibilizadas 106 vagas para mestrado e doutorado, sendo 36 reservadas para candidatas/os autodeclaradas/os negras/os, indígenas, quilombolas, pessoas com deficiência e pessoas travestis e transexuais. É neste contexto que, em sua aula inaugural, Nilma abordará o tema “Lutas Negras em prol da educação nos séculos XX e XXI”.

O Projeto Universidade Livre do CECUNE  é uma ação educadora, do movimento social, iniciada em 1995 e desenvolvida sempre com a chancela de uma universidade, como atividade de Extensão Universitária. Valendo-se de ações  planejadas para atender às necessidades de troca de saberes e formação de profissionais de diversas áreas militantes do movimento negro, em 2018 o  Projeto realiza eventos inspirados no tema “Construções Filosóficas Negras Contemporâneas” e, com o apoio do NEABI do Instituto Federal-RS, o CECUNE disponibiliza ao movimento negro neste evento o acesso ao  livro mais recente de Nilma Gomes, fonte fundamental para tais estudos.

Daniel Ribeiro

22 anos, estudante de administração gestão pública.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *