Fundação Cultural Palmares recebe acadêmicos dos EUA

IMG_12771

Na tarde de sexta-feira, (29/5), a presidenta da Fundação Cultural Palmares (FCP/MinC), Cida Abreu, recebeu comitiva da Universidade Estadual de Chicago. A delegação, formada pelo Decano Leroy Jones, o professor Arthur Amaker e pelos alunos Jeremy Webb, Anthony Meloy e Marquita Winters, foi acompanhada pelo professor Nelson Inocencio, do Departamento de Artes Visuais da Universidade de Brasília (UnB).

A visita teve como objetivo conhecer a instituição e iniciar diálogo para parcerias futuras. Durante o encontro, a presidenta explicou sobre alguns marcos institucionais brasileiros para a valorização da população negra por meio da cultura, além de projetos que serão desenvolvidos pela Fundação. “A Palmares é estratégica em sua missão de preservar e promover a diversidade cultural negra. Nesse sentido, propomos e executamos projetos que contribuem para a garantia de direitos da população afro-brasileira”, afirmou.

Entre os marcos enfatizados pela presidenta Cida, esteve o Parque Memorial Quilombo dos Palmares. Localizado no município de União dos Palmares, em Alagoas, o Parque é o único temático sobre a cultura negra do país. Situado na área onde Zumbi liderou Palmares, recria o ambiente onde existiu o maior, mais duradouro e mais organizado quilombo já implantado nas Américas. O Parque Memorial Quilombo dos Palmares foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1985.

Projetos futuros – A visita da Comitiva foi a abertura à construção de parcerias entre a Universidade Estadual de Chicago e o Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira (DEP/FCP) que devem incluir intercâmbios com artistas e autores negros, considerando territórios brasileiros e norte americanos influenciados pela cultura africana. Outra possibilidade é a cooperação técnica para criação de material audiovisual, buscando a valorização dos povos remanescentes da diáspora.

A Comitiva está em Brasília desde a última segunda-feira (25) e vem participando de diversas atividades na UnB. Os estudantes e professores da delegação aproveitam a vinda ao Brasil para conhecer as atuações de instituições de promoção de políticas negras, como a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir).

Fonte: FCP

 

Compartilhe

Voltar ao topo