Glau Barros em Samba das Flores – O Universo Feminino do Samba

Considerada uma das grandes revelações do samba no Rio Grande do Sul, Glau Barros apresenta Samba das Flores – O Universo Feminino no Samba, em comemoração ao Dia Nacional do Samba.

unnamed

Neste evento, Glau Barros apresenta um repertório repleto de sambas compostos e/ou interpretados por mulheres, reafirmando a necessidade de dar visibilidade a estas cantoras/compositoras que tanto contribuíram e ainda hoje contribuem para a divulgação deste gênero musical tipicamente brasileiro. Devido a um contexto histórico machista, o universo feminino no samba obteve pouca visibilidade, pois mulheres não participavam das rodas e eventos de samba, atividades que ocorriam, em sua maioria, na rua e a máxima machista era: lugar de mulher é dentro de casa, comenta Glau Barros. Ela observa que, após a década de 60, as mulheres puderam ter alguma entrada no espectro musical do samba e aí começam a surgir nomes como Clementina de Jesus e Dona Ivone Lara.

Segundo a cantora, no Rio Grande do Sul, há muitas compositoras de enorme talento e que, neste projeto, tem seu lugar de destaque reconhecido. “Zilah Machado, Delma Gonçalves, Ilsa Rocha, e Pâmela Amaro são alguns exemplos de competência e talento no samba”, afirma. Suas composições integram este trabalho.

O samba continua sendo hoje um gênero musical no qual há a predominância de homens, tanto dentro da indústria, como nos espaços onde ele é tocado popularmente. A abertura do samba para a participação das mulheres, principalmente negras, continua difícil e, embora haja nomes em destaque, como Mariene de Castro, Fabiana Cozza e Teresa Cristina, ainda há pouca representatividade feminina, avalia Glau.

Neste projeto, procuro minimizar este preconceito de gênero e levar ao público o protagonismo e a representatividade da mulher negra no samba e quando se fala em resistência, não há exemplo de mais força do que a luta do povo negro, sobretudo das mulheres”, argumenta.

No show, em meio a clássicos do gênero, Glau Barros interpreta sambas que integram seu CD Samba Que Te Quero Samba, em fase de produção. Composições de Zilah Machado, Pâmela Amaro, Ilsa Rocha, Delma Gonçalves, Gelson Oliveira, Lupicínio Rodrigues, entre outras, fazem parte deste trabalho, que tem como principal objetivo trazer para a cena novos e experientes compositores(as) gaúchos(as) e também relembrar alguns clássicos do samba, compostos por Dona Ivone Lara, Leci Brandão e Noel Rosa.

O evento Samba das Flores – O Universo Feminino no Samba contará com diversas manifestações artísticas, além da feira gastronômica e de artesanato, dialogando com a diversidade cultural do local e sua preocupação com a sustentabilidade ambiental.

Sobre Glau Barros

Glau Barros desenvolve uma intensa e permanente carreira profissional desde 1990, tendo se apresentando em alguns dos principais palcos do Rio Grande do Sul e de outros Estados brasileiros. Também é atriz, integrando o Grupo Caixa-Preta, onde atuou nos espetáculos Hamlet Sincrético (pelo qual foi indicada ao Prêmio Açorianos de Melhor Atriz Coadjuvante), Antígona BR e, mais recentemente, Ori Orestéia. No cinema, protagonizou o curta-metragem Antes Que Chova, de Daniel Marvel, e atuou no longa-metragem Anita, de Olindo Estevam. Na música, protagonizou shows e musicais, como Night Club – o Musical; Ta-hí Carmen Miranda; Os Malandros; Prato Feito – Você tem fome de quê?; Glau Barros Canta Elis Regina; Estandarte do Samba; Play Blacks, Noite dos Lobos – Canções de Lupicínio Rodrigues; De Amores e Sambas, todos apresentados em teatros e espaços culturais de referência de Porto Alegre e demais municípios do Estado.

Ficha Técnica

Glau Barros – Intérprete

Edu Moreira – Violão

Alemão Charles – Cavaquinho

Fernando Catatau – Percussão

Cleber Junqueira – Percussão

Artistas Convidados

As Três Marias

Pâmela Amaro – intérprete, compositora, atriz e multi-instrumentista

Dessa. – instrumentista, Intérprete

Gutcha Ramil – instrumentista, intérprete

As Vozes de Dandara

Marietti Fialho – Intérprete, compositora

Denizele Cardoso – Intérprete

Cláudia Quadros – Intérprete

Maria do Carmo – Intérprete

Sílvia Duarte – Intérprete

Pâmela Amaro – Intérprete, compositora, atriz e multi-instrumentista

Coletivo Montigente

Performance Encanto Zumbi

Dança Afro

Rita Rosa

Serviço

O Quê: Glau Barros em Samba das Flores – O Universo Feminino no Samba

Quando: Dia 27 de novembro de 2016, domingo, das 16h às 21h

Onde: Vila Flores, Rua Hoffmann, 459, Floresta,  Porto Alegre-RS

Quanto: Ingressos no local ao preço de R$ 20,00

Contatos: (51) 8133.6787 (Tim) (Silvia Abreu) | (51) 91387080 (Celso Dias)

Compartilhe

Voltar ao topo