Homem é preso após ameaças com faca durante caminhada contra a intolerância religiosa em Curitiba

Autor de manifestação de ódio religioso é contido por populares e levado à delegacia. (Foto: Divulgação)

Da Redação, do Bem Paraná com assessoria da Polícia Civil PR

Homem foi preso pela Guarda Municipal de Curitiba nesta tarde de domingo  (15/09), nas imediações da Praça Eufrásio Correa. Ele estava com uma faca e, no momento da prisão, disse que iriar matar uns 400, segundo denúncia dos integrantes da organização Julho das Pretas do Paraná. Segundo as informações preliminares a autuação foi encaminhada à Central de Flagrantes no bairro do Portão. Não tem informações sobre pessoas feridas.

Milhares de pessoas participaram da caminhada realizada nesta manhã de domingo, 15, no centro de Curitiba contra a intolerância religiosa. A organização do evento esperava a participação de aproximadamente de 2 mil pessoas na concentração, realizada na Praça Tiradentes a partir das 14 horas. De lá os participantes seguiram até a Praça Generoso Marques, passando pelas ruas Riachuelo e Barão do Rio Branco até chegar à Praça Eufrásio Corrêa. O evento terá apresentações religiosas até as 20 horas, quando deve ser encerrado. Depois de alguns episódios de incêndios, possivelmente criminosos, em centros religiosos na capital paranaense, um debate sobre a intolerância de crenças se reacendeu em toda a cidade.

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo