Lançamento da Exposição e Livro “Arqueologia do Caminho”, por Leandro Machado

Artista encerra o projeto em Porto Alegre/Brasil, apresentando exposição de fotos, materiais coletados nas cidades e vídeo sobre conhecimento que adquiriu na Circulação Nacional/Internacional

LM – Arqueologia do Caminho. (Foto: Paulo Correa)

O projeto Leandro Machado – Arqueologia do Caminho, que realizou a circulação nacional/internacional no Rio de Janeiro/Brasil, La Rochelle/França e Montevidéu/Uruguai, encerrará em Porto Alegre no próximo mês. No dia 17 de agosto, sábado, a partir das 17h, tem inauguração de exposição do artista no Museu de Arte Contemporânea (MAC-RS), com apoio institucional do Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi), na Casa de Cultura Mario Quintana.

Além da abertura da mostra de fotografias e materiais coletados nas cidades visitadas, na ocasião ocorrerá distribuição do livro homônimo ao projeto, com sessão de autógrafos, além da apresentação de um vídeo elaborado por Leandro Machado sobre as vivências e conhecimentos adquiridos durante o projeto, realizado com recursos do Governo do Estado do Rio Grande do Sul por meio do Pró-Cultura RS FAC – Fundo de Apoio à Cultura #juntospelacultura_2. O audiovisual conta com direção do artista multimídia Bebeto Alves, responsável pela trilha, edição e montagem.

A ideia de “Arqueologia do Caminho” surgiu das andanças do artista em lugares periféricos da capital gaúcha. “Parece que as pessoas da cidade são somente aquelas que circulam pelo Centro, Cidade Baixa e Moinhos de Vento. Porto Alegre é tão mais ampla, vasta, poderosa! São lugares periféricos, mas – ao mesmo tempo – outros centros. Fui a lugares que desconhecia e só sabia o nome. Descobri uma outra Porto Alegre, às vezes até mais bonita do que a gente conhece”, afirma Leandro.

Web Mostra – Projeto Arqueologia do Caminho. (Foto: Leandro Machado)

A apresentação original do projeto ocorreu em 2016, no Atelier Jabutipê, na época financiado pelo Fumproarte da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre. Na abertura da primeira mostra na capital dos gaúchos, também foi lançado a publicação com artigos de especialistas na área (Iosvaldyr Bittencourt, Estevão Haeser, Michele Zgiet e Carla Magalhães), texto sobre a produção artística do autor, relatos das experiências cartográficas e sensíveis pela cidade e registros fotográficos do processo por Paulo Correa.

A curadora da exposição em La Rochelle/França, Martina Weissgerber, afirma: “Suas fotografias são um roaming memorial da identidade do homem em qualquer paisagem, tomada durante uma peregrinação diária. O trabalho de Leandro torna-se ainda mais significativo na atual situação política no Brasil: a Arqueologia do Caminho é um estudo artístico dos restos de uma civilização em perigo de desaparecer”. 

Antônio Augusto Bueno, curador das mostras em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Montevidéu, destaca: “Além de buscar visibilidade a essas populações/comunidades/lugares, outra potência se configura no fato de agregar pessoas/conhecimentos/experiências, em busca de um pensamento plural. Igualmente percebo a continuidade de um corpo que se move, de um discurso que se adensa, com coerência, poesia, resistência se seguir apostando em suas crenças de negro artista”.

A exposição “Arqueologia do Caminho” fica em cartaz no MAC-RS até o. As imagens expostas revelam uma Porto Alegre diferente, autêntica e descontruída pelo olhar do artista visual, que junto com o fotógrafo Paulo Corrêa, percorreram diversos bairros registrando construções, paisagens, situações do cotidiano e pessoas que moram nessas regiões. Alguns registros e materiais coletados nas cidades que realizou a Circulação Nacional/Internacional também foram incluídos na instalação para completar a experiência dos espectadores.

A produção executiva do projeto é de Sabina Stephanou, da Stephanou Cultural, contando com o financiamento do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Sobre Leandro Machado

Gaúcho de Porto Alegre, Bacharel em Artes Visuais – habilitação Pintura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com Licenciatura em Educação Artística pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Realizou as seguintes exposições individuais: Desenhos Esquemáticos, Presentes de Olhar, Otá ou Quando a pedra não sabe que é estátua. Foi ganhador do 1º Prêmio de Arte Contemporânea da Aliança Francesa de Porto Alegre (AFPoa) – na foto acima, com obra vencedora na ocasião (crédito: Fábio Alt).

Leandro Machado – projeto Arqueologia do Caminho. (Foto Leandro Machado selfie)

Serviço

O quê: Arqueologia do Caminho: Fecha círculo de circulação em Porto Alegre

Quando:  Abertura: 17 de agosto (sábado), a partir das 17h

Visitação: de 18 de agosto a 22 de setembro de 2019

Onde: MAC-RS – Casa de Cultura Mario Quintana, rua dos Andradas, 736 – 3° andar, Centro Histórico, Porto Alegre

Quanto: Entrada franca

Contatos: (51) 99737.7031 – carolinezatt@gmail.com

Compartilhe

Voltar ao topo