Presidente da ANCEABRA, João Bosco Borba morre por complicações da Covid-19

Presidente da Associação Nacional dos Coletivos de Empresários afro-brasileiros (Anceabra), o brasiliense João Bosco perdeu a luta para o novo coronavírus em São Paulo

Morre João Bosco Borba, vítima da covid-19. (Foto: Reprodução / Facebook )

Do Correio Brasiliense

Presidente da Associação Nacional dos Coletivos de Empresários afro-brasileiros (Anceabra), João Bosco Borba, morre por complicações do novo coronavírus na noite desta quarta-feira (9/9), em São Paulo. A confirmação da morte foi dada pelo diretor da entidade, Mário Nelson Carvalho.

Nas redes sociais, várias mensagens de carinho ao brasiliense que teve forte participação em movimentos negros no Distrito Federal e militante pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

“As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor”, diz uma das publicações. “Agradecemos a sua dedicação às causas sociais e pela luta incansável em defesa de uma sociedade digna, fraterna e igualitária. Jamais esqueceremos da sua força, gentileza e sabedoria”, finaliza o texto.

João Bosco Borba atuava também como psicanalista clínico e infantil, além de ser fisioterapeuta. Ele era pós graduado em psicomotricidade e desenvolvia trabalhos como terapeuta corporal com ênfase em bioenergética — um tipo de terapia que utiliza de exercícios físicos específicos aliados com técnicas de respiração.

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo