Sarau celebra a resistência da cultura negra

(Arte: Giovani Urio sobre foto de divulgação)

Nesta sexta-feira, 14 de fevereiro, o Sarau Afrika vai celebrar as existências negras através da poesia, música, declamação e interpretação. O evento é uma construção coletiva que promove a arte negra fora dos espaços digitais, através dos encontros e da intersecção de expressões artísticas.

Além de mobilizar artistas e público engajado na causa do protagonismo negro, o evento tem a intenção de reunir esforços voltados à saúde financeira do espaço. Dessa forma, além de comes e bebes, haverá um brechó na ocasião.

O Ponto de Cultura Espaço Escola Áfricanamente é uma parceria que se estabeleceu, após uma uma seleção feita através de edital, entre a Áfricanamente Escola de Capoeira Angola e a Secretaria de Cultura do Estado/Ministério da Cultura. Com o objetivo de potencializar e ampliar o alcance das ações já desenvolvidas pelo coletivo, possibilitando a realização de atividades que envolvam a comunidade a partir da arte, cultura e educação, estimulando a criatividade e propiciando o exercício da cidadania pelo reconhecimento da importância das culturas de matriz africana preservadas ou ressignificadas no Brasil.

Serviço

O quê: “Sarau Afrika”

Quando: 14 de fevereiro de 2020, sexta-feira, a partir das 19h

Onde: Ponto de Cultura Áfricanamente, Av. Cristóvão Colombo, 761, bairro Floresta, Porto Aelgre

Quanto: Entrada franca

Contato: (51) 99630-2807 – 99144-7234

Compartilhe

Voltar ao topo