Sem aval de Regina Duarte, Sérgio Camargo demite diretoria negra da Fundação Cultural Palmares

Reconduzido ao cargo de presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo. (Foto: Redes Sociais/Divulgação)

Por Paulo Ávila, de Brasília

Às vésperas da posse da Secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, o Presidente reconduzido por decisão do (STJ), da Fundação Cultural Palmares exonerou toda sua diretoria das áreas finalísticas de operação técnica do órgão. O Presidente Sérgio Nascimento de Camargo, nessa quarta-feira de cinzas (26/02), a véspera da posse da nova secretária Regina Duarte, exonera toda a sua diretoria “negra” com reconhecida trajetória em políticas públicas em prol da cultura afro brasileira. Por telefone, ele argumentou que precisa montar uma nova equipe de extrema direita. “Vou seguir a linha do Secretário Alvim”, declarou aos diretores.

Os demitidos das diretorias são: Sionei Leão, DPA – Diretoria de proteção Afro-brasileira; Clóvis André da Silva, DEP – Diretoria de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira
CNIRC; Kátia Martins, Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra.

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo