Vítima da Covid-19, morre Adão Rolim Marques da Rosa

Criciúma SC, contabilizou mais uma morte por Covid-19. É o quarto caso de morador da cidade e o quinto notificado em Criciúma

Movimento negro de Criciúma perde uma grande liderança, Adão da Rosa. (Foto: Arquivo de família)

Por OCP News

Faleceu na noite desta sexta-feira (10/04), Adão Rolim Marques da Rosa, de 70 anos. Ele estava internado desde sábado no Hospital Unimed já como caso confirmado de ter contraído o coronavírus.

As informações foram repassadas pelo secretário de Saúde, Acélio Casagrande. Adão, bastante atuante na cidade, era presidente da Associação Etnia Negra.

Ele teria contraído o novo vírus em uma viagem de cruzeiro onde estavam moradores de Siderópolis que também foram confirmados com a Covid-19.

Suspeita

Na manhã desta sexta-feira foi registrado um óbito em domicílio, conforme Boletim Epidemiológico emitido nesta tarde. Trata-se de um homem, de 60 anos, residente de Criciúma e que apresentou sintomas respiratórios.

A coleta da amostra para Covid-19 foi realizada e a confirmação, ou descarte da doença, ocorrerá após análise e liberação dos laudos pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina, o Lacen/SC.

Óbitos

São agora cinco óbitos por coronavírus notificados na cidade, um deles de uma moradora de um município vizinho, mas que estava internada em Criciúma.

O primeiro caso foi do empresário Evaldo Stopassoli, de 73 anos. O segundo, confirmado no sábado, foi de uma idosa de 71 anos, moradora de Balneário Gaivota, que estava internada na cidade.

O terceiro foi na segunda-feira, de uma idosa de 79 anos, moradora da cidade, que já possuía comorbidades.

O quarto caso de óbito confirmado por coronavírus, contabilizado na terça, foi de um idoso, de 87 anos, portador de diabetes.

E o quinto de Adão Rolim Marques da Rosa, de 70 anos, no Hospital da Unimed.

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo