Webinário promovido pela Frente Negra Gaúcha aborda estrategias legais de silenciamento do protesto negro

Claudia Campos. (Foto: Divulgação)

Frente Negra Gaúcha (FNG) realiza o webinario “Estratégias legais de silenciamento do proteto negro“, com a historiadora, designer, estilista e militante do movimento negro, Claudia Campos. A atividade, que será seguida de debate, integra o “Julho das Pretas” e tem o objetivo de promover o congraçamento de seus associados.  O evento é aberto ao público e será transmitido no Facebook da entidade, @frentenegragaucha.

O webinário “Estratégias legais de silenciamento do protesto negro” vai discutir as estratégias legais que foram utilizadas pelo sistema brasileiro, desde o Império até a República, que impediram o acesso de negros, em sua maioria, aos lugares de poder e de decisão. Com isso, as reivindicações e conquistas da população negra têm sido realizadas exterior ao sistema pela ação do movimento negro e não a partir das instituições do Estado.

Sobre a palestrante

Cláudia Campos é mestre em História pela PUCRS, especialista em História Africana e Afro-brasileira pela FAPA/RS, licenciada e bacharel em História pela PUCRS e Designer de Moda pela ULBRA/RS. Proprietária da Clau Stampas, marca de roupas e acessórios afro-sustentáveis, que valoriza a cultura afro-brasileira por meio da sua estamparia exclusiva, desenhada para a marca, e mantém um processo de confecção sustentável que beneficie a cadeia produtiva da moda. Integrante do Coletivo Casa de Joana, um espaço colaborativo de afro-empreendedores de negócios, serviços e produtos.

Sobre a Frente Negra Gaúcha

Criada em 2019, a Frente Negra Gaúcha é uma associação civil com fins públicos e não lucrativos, de caráter educacional e cultural, de formação política e social, filantrópica, assistencial, promocional e sem cunho partidário.  É composta por negros e não-negros, sem distinção de gênero, idade, origem social, de classe e religiosa, escolaridade e naturalidade. Busca a coalizão de todas as forças para o enfrentamento do racismo sistêmico que estrutura a sociedade brasileira. A FNG tem por objetivos a conscientização e a promoção do (a) negro(a) e do seu potencial, por meio da formação e da representação política nos diferentes espaços de poder para redução das desigualdades raciais e sociais.

Serviço

O Quê: “Estratégias legais de silenciamento do protesto negro”. Webinario com a historiadora e designer Claudia Campos, promovido pela Frente Negra Gaúcha.

Quando: 30 de julho de 2020, quinta-feira, às 19h

Onde: transmissão no Facebook da FNG: @frentenegragaucha

Compartilhe

EXPLORE TAMBÉM

Voltar ao topo